Gisele Maletta Mara BIO

Gosto de dizer que minha paixão por perfumes é inata. Quando eu era pequena, fazia “pequenos perfumes” para minhas bonecas usando flores da minha mãe – ela sempre teve talento para plantar e fazer florescer. Fui criada cercada de plantas em seu viveiro chamado Orvalho Flora e Artesanato. Foi então – a década de 1970 em Belo Horizonte – que minha paixão pelos aromas floresceu. Adorei estar em um lugar com aromas de jasmim que me lembravam de mim mesma, rosas com cheiro de amor e alecrim que traz uma sensação inebriante de felicidade!

No final da década de 1980, iniciei meus estudos em Medicina Chinesa e viajei várias vezes para a China. As farmácias tradicionais eram meus lugares favoritos. Eu costumava passar horas absorvendo os aromas das plantas medicinais, sopas terapêuticas que estavam sendo preparadas, óleos medicinais, bálsamos de flores brancas e óleos essenciais. E tudo isso entrelaçado com os aromas de rosas, lótus, jasmim, osmanthus e enormes peônias que coloriam os pátios cinzentos dos hutongs. Surpreendentemente, ainda posso sentir o cheiro desses aromas na ponta do meu nariz!


Na década de 1990, tornei-me empresária e apliquei meus conhecimentos no ensino de terapias integrativas e na gestão de pessoas e procedimentos em um laboratório de plantas medicinais. Em 2015, passei por uma crise existencial e procurei ajuda na Ayurveda e na Aromaterapia. Eles me permitiram cheirar os aromas da vida novamente. Com isso, voltei a fazer meus “pequenos perfumes” para a alma.

Naquele momento de consciência interna, a alquimia dos perfumes foi tanto a mutação quanto a integração dos meus conhecimentos de medicinas antigas e perfumaria botânica. Naquela época, eu me senti florescendo.

Kyphi

Os aromas da minha vida

"A perfumaria entrou na minha vida de forma sutil e despretensiosa, como a redenção da alma. Fiz um, dois e depois três cursos de perfumaria natural, mas ainda sentia que precisava de mais. Precisava buscar a origem da aquilo que tanto me encantou... E então fundei a Natural Perfume Academy através de Ane Wash, perfumista que admiro e agradeço por me inspirar e guiar com amor nesta jornada perfumada.

Nesse caminho de descobertas, reaprendi minha capacidade de cheirar aromas de forma consciente, analisando e anotando tudo o que me vinha à mente nas páginas do meu diário de perfumes. Ao abrir cada frasco de óleo essencial desbloqueou-se um mundo mágico numa sinfonia aromática, entre notas e acordes que dançavam e perfumavam as memórias desta experiência em êxtase!

Nesta jornada olfativa, cada compartimento do meu sistema límbico se abriu, florescendo meus sentidos e memórias de quem eu sou. Nessa busca dos perfumes e de mim mesma, um universo de inúmeras possibilidades me apareceu.

Eu não poderia imaginar a grandiosidade e complexidade que é a arte da perfumaria. Estudar sua história antiga começando pela alquimia me inspirou a pesquisar a trajetória do perfume desde o início da civilização, quando os homens queimavam plantas aromáticas como oferendas aos deuses, até o Egito Antigo, onde o perfume era considerado sagrado e usado em rituais para se conectar ao divino. Este perfume era conhecido como Kyphi, o perfume dos deuses, e considerado pelos antigos egípcios um incenso sagrado e medicinal. É de Kyphi que se originaram os primeiros perfumes da humanidade.

Não pensei duas vezes em me aventurar na minha própria jornada Kyphi, guiada pela perfumista Justine Crane. A confecção deste incenso foi um processo de iniciação na perfumaria botânica. Para produzir este incenso, você precisa seguir a receita descrita nas pedras do Templo de Edfu, que afirmam que você precisa de um dia inteiro para trabalhar cada matéria-prima. São 16 plantas medicinais milenares, cada uma repleta de seu próprio aroma e bálsamos que se entrelaçam com os achados descritos nas escrituras sagradas. Conheci as matérias-primas na sua forma mais fundamental, e triturei-as manualmente uma a uma até virarem pó. Posteriormente, macerei-as com vinho em panela de cobre para aguardar o processo gestacional. Na última fase, dissolvi mirra, incenso e resinas de pinheiro no mel. Reunir todas essas partes foi delicioso, assim como Ísis reuniu todas as partes do corpo de seu marido, Osíris. Senti como se estivesse reunindo dentro de mim tudo o que havia perdido: paciência, atenção, disciplina e os cuidados necessários para reviver e exalar o perfume dos deuses. Durante essa preparação do incenso, uma parte de cada matéria-prima era colocada em álcool todos os dias. Finalmente, “Kyphi Mother Tincture” nasceu para fazer perfumes. Cozinhei lentamente a outra parte em óleos vegetais e foi produzido “Kyphi Macerado” para pomadas e óleos perfumados.

Fazer Kyphi foi um processo de auto-revelação, que me inspirou a criar o conceito da minha marca e minha primeira linha de produtos."


CRIAÇÕES

Kyphi Brasil

KYPHI – "O Perfume Botica foi inspirado na paixão de fazer perfumes nas antigas tradições misturadas com o conceito de perfumaria de atelier: artística e artesanal. Faço perfumes personalizados considerando as histórias e preferências de cada um, respeitando a liberdade de ser e sentir. um processo em que histórias, emoções e sentimentos me inspiram a criar um perfume com alma."

LINHA KYPHI

  • Incenso dos Deuses - Kyphi
  • perfume dos deuses
  • Perfume das Deusas
  • Pomada dos Deuses

ATELIER PERFUMERY

  • Perfumes personalizados
  • Perfumes terapêuticos
  • Perfumes sólidos
  • Óleos perfumados
  • Óleos terapêuticos
  • velas de massagem
  • Saboneteira

                                                          

DECLARAÇÃO DE MISSÃO

"Fazer perfumes naturais é a arte de transformar os recursos da natureza em perfumes únicos e mesclar a perfumaria artística com técnicas e costumes atuais de forma ambientalmente responsável e sustentável para que essa arte não se perca na história e no tempo."


Gisele Maleta Marra
Perfumista Botânico Artístico
Terapeuta Integrativa
CONTATOS EMPRESARIAL

Mídia social:
@KYPHI__ Botica do Perfume
@Giselemalettaperfumista
www.kyphi.com.br
giselemmarra[a]gmail.com

Última atualização: sexta, 28 Jan 2022, 12:42